1. The Stake Desk
  2. The Wrap
  3. The Wrap: Eu, Robô
Share

The Wrap: Eu, Robô

Já pensou em ter sua louça lavada por um robô enquanto você se senta no sofá?

Eu, Robô

Elon Musk surpreendeu a todos no famoso AI Day (Dia da Inteligência Artificial) da Tesla, quando um robô de 1,72m com visual futurista e forma humana subiu ao palco no final do evento. O humanoide Tesla Bot faz parte da nova empreitada da empresa no mundo da inteligência artificial e robótica para criar uma máquina, bem parecida com um ser humano, que realize atividades domésticas e elimine os trabalhos perigosos, repetitivos ou chatos.

Apesar da novidade, o robô que apareceu na apresentação ainda não está pronto. A previsão da Tesla é que as máquinas comecem a operar já em 2022, realizando tarefas mais ousadas como, por exemplo, dirigir seu carro ou lavar suas roupas.

Se você ficou curioso, nós exploramos mais sobre o universo da Tesla nesta edição do Spotlight.

Essa tendência de utilizar máquinas autônomas para realizar serviços não se limita apenas à Tesla, mas sim a toda indústria de robótica. Atualmente o mercado de robótica movimenta US$ 25 bilhões. Desse total, US$ 10 bilhões foram gastos em robôs com foco em automação e o mesmo montante em robôs de serviço, sejam eles fixos ou móveis.

Segundo o Boston Consulting Group, até 2030, o mercado de robótica deve movimentar de US$ 160 a US$ 260 bilhões, grande parte no setor de serviços. Entre esses robôs, a grande tendência são as máquinas para tarefas de casa, como aspiradores de pó, cortadores de grama e robôs de entretenimento, que não tem nenhum objetivo utilitário, só para diversão mesmo. Só entre 2018 e 2019, o crescimento de venda deste tipo de maquinário subiu 34% para 23,2 milhões de unidades vendidas.

Diante de um cenário de expansão das empresas de robótica, é preciso prestar atenção em algumas companhias que podem liderar o processo de automação da sociedade. Há empresas, por exemplo, com nomes pouco conhecidos, mas que já estão muito presentes no seu cotidiano. Dá uma olhada:

iRobot

A empresa foi fundada em 1990 por três ex-funcionários do laboratório de inteligência artificial do MIT e,desde 2002, vende o Roomba, robô aspirador que garantiu o crescimento da empresa e sua entrada na NASDAQ, em 2005. Até o ano de 2020, a iRobot já vendeu mais de 30 milhões de robôs caseiros e mais de cinco mil robôs de segurança/militares.

Trimble

A Trimble oferece automação do controle de produção via imagens, atuando em áreas como agricultura, construção, mineração, logística e aviação. Através da tecnologia GPS, suas máquinas conseguem identificar, em imagens, ações a serem feitas ou processos a serem melhorados. Segundo a consultoria Zacks, as ações da Trimble são uma das mais promissoras de 2021, com potencial de crescimento de mais de 10%.

ABB Ltd.

Talvez a mais antiga empresa desta lista, a ABB chama a atenção do mercado por conectar seus softwares com seu portfólio de robótica, automação e elétrica. Entre junho de 2020 e junho de 2021, as ações da empresa subiram quase 60%. Os bons resultados vieram também nos balanços da companhia, que apontaram crescimento de 11% da receita da ABB no primeiro trimestre deste ano. Outro indicativo positivo para a ABB foi o anúncio que a empresa vai buscar neutralidade na emissão de carbono até 2030, entrando em consonância com medidas ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa).

E aí, você também é fã dessas tecnologias que te permitem sentar no sofá enquanto a sua casa é limpa, seu almoço é preparado e seus filhos são buscados na escola?

Vale lembrar que esse conteúdo é apenas para informação e não deve ser entendido como uma oferta ou recomendação de investimentos.


Não tem o app da Stake?

Ganhe uma ação no valor de até {{count}} dólares se fizer um primeiro depósito mínimo de R$500 nas primeiras 24h da abertura da conta.


Relacionados