Share

The Wrap: Superapps e seus superpoderes

Pagamentos, classificados e mais funcionalidades que apps como Whatsapp e Facebook estão trazendo para suas plataformas. Quem será o Superapp vencedor? Confira no The Wrap da Stake!

Superapps e seus superpoderes

Estamos mal acostumados. Queremos tudo resolvido em poucos segundos, ao alcance de um clique e, de preferência, sem trabalho algum. Não é para menos que a ideia dos superapps vem ganhando cada vez mais adeptos.

Eles não voam e não ficam invisíveis, mas esses aplicativos gigantes têm outro tipo de superpoderes: eles reúnem diversas funcionalidades em um só lugar para, ao invés de ter de usar uma infinidade de apps, disponibilizar todos os serviços que precisa no mesmo lugar.

Justamente por isso, a missão para se tornar um superapp não é simples.  O maior case de sucesso, até o momento, vem da China. No WeChat, é possível pedir comida, fazer pagamentos, marcar consultas, checar o noticiário, ver vídeos, postar fotos e, até, paquerar.

No Brasil temos alguns bons candidatos. O Rappi, que era um app de delivery, já oferece jogos, recursos de transmissão ao vivo e até venda de pacotes de viagem. O Ame, Magalu e Picpay, que reúnem alguns serviços em um mesmo lugar, também estão indo pelo mesmo caminho. 

SUPERzap?

Para não ficar para trás, o Whatsapp, um dos produtos do gigante Facebook, e hoje um dos maiores aplicativos de mensagem do mundo, também quer se tornar um superapp. Dominante em mercados emergentes como Brasil e Índia,  o app de mensagens ganha cada vez mais tração em países desenvolvidos, como Alemanha e França. Já nos Estados Unidos, ele ainda perde para concorrentes como o iMessage, da Apple.

Para contornar esta questão, o Facebook quer adicionar funções ao Whatsapp e transformá-lo no primeiro superapp massificado dos Estados Unidos, onde o conceito ainda não chegou com força. O mais próximo que se tem de um superapp no país é o Uber, onde a pessoa pode chamar um carro, pedir comida ou alugar uma scooter.

Então, para “equipar” o Whatsapp, o Facebook já começou a testar no Brasil e na Índia a possibilidade de realizar pagamentos dentro do app. Além de banco, o whatsapp também quer operar como marketplace. Para isso, lançou os classificados no Whatsapp. Os testes também vão começar em São Paulo, no Brasil, onde estabelecimentos comerciais poderão registrar seus negócios no aplicativo.

Vai funcionar assim: o diretório de estabelecimentos será dividido em setores, e as lojas vão aparecer por nível de proximidade do usuário. O cliente poderá entrar em contato direto com a loja, acessar seu menu de serviços e produtos, negociar e pagar diretamente no aplicativo.

O objetivo de tudo isso é entrar nessa acirrada disputa para ser um superapp pioneiro e assim criar uma grande base de usuários fiéis. E aí, quem será que vence essa batalha?

 

*Esse conteúdo é apenas informativo e não deve ser entendido como uma oferta ou recomendação de investimentos.


Não tem o app da Stake?

Saia na frente! Ganhe uma ação da Nike, Dropbox, GoPro ou uma ação surpresa se você fizer um depósito mínimo de R$500 nas primeiras 24h após a abertura da conta.


Relacionados


Stake logo
Esse ambiente virtual é gerido por uma companhia brasileira (Ativa Investimentos) e uma companhia Australiana (Stake), estando sujeito à regulação de diversas jurisdições. Para maiores informações clique aqui.
A Stakeshop Pty Ltd. (“Stake”) é autorizada a funcionar na Austrália sob o registro regulatório ACN n. 610 105 505 perante a Australian Securities and Investments Commission. A Stakeshop Pty Ltd., empresa australiana que presta seus serviços a partir da Austrália, não está autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a oferecer diretamente serviços de distribuição de valores mobiliários a investidores residentes, domiciliados ou incorporados na República Federativa do Brasil. Nada aqui deve ser entendido como uma oferta direta de serviços endereçados a esses investidores. Nos termos do parecer de orientação CVM n. 33 de 30.09.2005, entidades estrangeiras reguladas em seus respectivos países (como a Stake) que desejarem ofertar seus serviços de intermediação a clientes residentes no Brasil devem contratar um intermediário devidamente autorizado pela CVM. Nesse sentido, a Stakeshop Pty Ltd. contratou a Ativa Investimentos S.A. Corretora de Títulos, Câmbio e Valores para conduzir a sua oferta de serviços a residentes no Brasil, respeitando assim as diretrizes apontadas pela Comissão de Valores Mobiliários do Brasil. Por se tratar de investimento realizado diretamente nos Estados Unidos da América por meio da Stakeshop Pty Ltd. e da Ativa Investimentos S.A. Corretora de Títulos, Câmbio e Valores, o investidor dever ter conhecimento do idioma e da regulação local. Os serviços prestados pela Stakeshop Pty Ltd., Ativa Investimentos S.A. Corretora de Títulos, Câmbio e Valores, e demais parceiros das companhias no exterior e no Brasil, não devem ser entendidos como uma oferta de valores mobiliários direcionados a esses investidores. Os investidores residentes, domiciliados ou incorporados na República Federativa do Brasil que se tornaram ou venham a se tornar clientes da Stakeshop Pty Ltd. por meio da Ativa Investimentos S.A. Corretora de Títulos, Câmbio e Valores podem entrar em contato no seguinte endereço eletrônico: stake@ativainvestimentos.com.br. Os investimentos oferecidos pela Stakeshop Pty Ltd. e administrados pela DriveWealth LLC. são protegidos pelo regulador americano (i.e., SIPC) em valores até US$ 500.000 (incluindo US$ 250.000 em solicitações de pagamento em dinheiro). Verifique as condições gerais no site www.sipc.org. Lembre-se de que, embora a diversificação possa ajudar a espalhar riscos, ela não garante lucro nem protege contra perdas. Sempre existe o potencial de perder dinheiro quando você investe em valores mobiliários ou outros produtos financeiros. Os investidores devem considerar cuidadosamente seus objetivos e riscos de investimento antes de investir. O preço de um determinado título pode aumentar ou diminuir com base nas condições do mercado e os clientes podem perder dinheiro, incluindo seu investimento original. As informações fornecidas neste site são de natureza geral e não pretendem substituir um aconselhamento individualizado e específico sobre impostos, leis ou planejamento de investimentos. Os investidores devem se informar e, quando apropriado, consultar um profissional sobre possíveis consequências fiscais associadas à oferta, compra, posse ou alienação de ações de acordo com as leis de seu país de cidadania, residência, domicílio ou incorporação. Alterações legislativas, administrativas ou judiciais podem modificar as consequências tributárias e, como é o caso de qualquer investimento, não há garantia de que a posição fiscal ou a posição tributária proposta que prevalece no momento em que um investimento é realizado durará indefinidamente. Nada neste site deve ser considerado uma oferta, recomendação, solicitação de oferta ou conselho para comprar ou vender qualquer título. Veja todos os avisos importantes sobre investimentos. A marca Stake está registrada na Austrália sob as classes 9 e 36. A Stakehop Pty Ltd. está registrada com CNPJ número 31.334.703/0001-80. Para mais informações sobre a Ativa, clique aqui.