Share

Veja nove ETFs que pagam dividendos em dólar todos os meses

Deseja investir em opções que pagam dividendos mensais? Mostramos 9 ETFs que têm a distribuição de lucro mensal. Confira!

Independente do momento de alta ou baixa do mercado, a diversificação de patrimônio é uma estratégia sempre recomendada por especialistas. Isso porque uma carteira diversificada tem um risco de perdas significativamente menor.

Neste sentido, investidores devem não só apostar em diferentes setores, como varejo, utilities, indústria ou aviação, por exemplo, como também em opções em diferentes países. Alocar recursos em diferentes modalidades de investimentos, como ações, também faz a diferença.

Uma alternativa bastante interessante também são os Exchange-Traded Funds (ETFs) – os fundos de investimentos que acompanham a composição de determinado índice, como a Nasdaq ou a Bolsa de Nova York (Nyse).

Para ajudar os investidores, o blog traz esta semana 10 ETFs americanos que pagam dividendos mensais. Confira a lista abaixo:

1 – VanEck Vectors Fallen Angel High Yield Bond ETF – Nasdaq

A VanEck é uma firma de investimentos fundada em 1955, por John C. van Eck, no cenário do pós Segunda Guerra Mundial. Atualmente, a empresa investe em ouro, mercados emergentes e ETFs. Historicamente posicionado em títulos de alta qualidade de crédito, o VanEck Fallen Angel High Yield Bond ETF (ANGL) aposta hoje em oportunidades de alto rendimento que tiveram a nota de investimento para junk status – títulos de dívida altamente voláteis, com risco de inadimplência e bons retornos. O ETF tem US$ 4,3 bilhões sob gestão.

2 – SPDR Portfolio High Yield Bond ETF (SPHY) – Nyse

A State Street Global Advisors é uma firma de investimentos fundada em 1980 e é considerada uma das pioneiras na comercialização de ETFs no mundo. Atualmente, possui mais de US$ 4 trilhões sob gestão e 2,1 mil clientes institucionais. O SPDR Portfolio High Yield Bond ETF busca oferecer exposição a US$ 1 trilhão em títulos de dívida de alto rendimento, o que inclui investimentos com uma nota baixa.

3 –  Multi-Asset Diversified Income Index Fund (MDIV) – Nasdaq

A First Trust é um veículo de investimentos fundado em 1991. Sua estratégia é oferecer opções como ETFs, fundos mútuos. O MDIV é um ETF que investe ao menos 90% em ações comuns, recibos de depósito, REITs e títulos de preferência. No total, possui mais de US$ 482 milhões sob gestão.

4 – Global X SuperIncome Preferred ETF (SPFF) – Nyse

A Global x ETFs é uma companhia de investimentos que trabalha especificamente com ETFs. No momento, possui operações na Europa, Ásia e América Latina, além de América do Norte, com US$ 43 bilhões sob gestão. O SuperIncome Preferred ETF investe em nas 50 ações com alto rendimento no Canadá e Estados Unidos e administra US$ 203,4 milhões. 

5 – VanEck J.P. Morgan EM Local Currency Bond ETF (EMLC) – Nyse

Administrado pela Van Eck, o ETF aposta em dívidas externas emitidas por governos em mercados emergentes, entre eles a China. A exposição mínima aos países é limitada entre 1% a 3% e considera também o peso do mercado em questão. Hoje, conta com mais de US$ 3 bilhões sob gestão.

6 – Global X SuperDividend ETF (SDIV) – Nyse

Gerido pela Global x ETFs, o SDIV investe nos 100 títulos de capital que mais rendem dividendos ao redor do mundo. Os aportes acontecem em segmentos como o mercado imobiliário, financeiro, energia, materiais e utilities, em países como Estados Unidos, China e Brasil. Atualmente, conta com US$ 823,3 milhões sob gestão.

7 – WisdomTree U.S. High Dividend Fund (DHS) – Nyse

A WisdomTree chegou ao mercado em 2006 e investe em ações domésticas, internacionais e globais, commodities, renda fixa, moeda, criptomoeda e estratégias alternativas. O DHS é direcionado para a exposição em ativos de companhias com alto pagamento de dividendos nos Estados Unidos. Tem mais de US$ 1,1 bilhão sob administração.

8 – Invesco S&P 500 High Dividend Low Volatility ETF (SPHD) – Nyse

A Invesco é uma gestora individual independente com escritórios em mais de 20 países e US$ 1,47 bilhão sob gestão. O SPHD é composto por 50 títulos baseado no S&P 500 que, historicamente, tem baixa volatilidade e alto pagamento de dividendos. Os principais setores do ETF são utilities, bens de consumo, saúde e mercado imobiliário. Atualmente, possui US$ 3,61 bilhões sob gestão.

9 – Invesco Preferred ETF (PGX) – Nyse

O Invesco Preferred ETF é baseado no índice ICE BofAML, que mapeia a performance dos principais títulos com performance fixa no mercado dos Estados Unidos. Entre os setores com alocações, estão a indústria financeira, utilities, real state e serviços de comunicação. Hoje, conta com US$ 5,75 sob administração.

 

 

 

 

*Esse conteúdo é apenas para informação e não deve ser entendido como uma oferta ou recomendação de investimentos. Performance passada não garante resultados futuros.


Não tem o app da Stake?

Saia na frente! Ganhe uma ação da Nike, Dropbox, GoPro ou uma ação surpresa se você fizer um depósito mínimo de R$1.000 nas primeiras 24h após a abertura da conta.


Relacionados